Belo Horizonte, .
 


ARROCHO

.: Governo quer impedir dedu├ž├Áes
de IR com sa├║de e educa├ž├úo

sem imagem

Mais uma medida do Governo Bolsonaro pode trazer um aumento explosivo nos descontos de imposto de renda (IR). O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou a possibilidade de impedir a dedução de gastos de saúde e com educação nas declarações anuais do IR.

Guedes lembra que o Governo deixará de arrecadar R$ 20 bilhões em 2019 por causa destas deduções.

Segundo ele, estão sendo realizados estudos para reduzir as “renúncias fiscais”, que chegam a R$ 300 bilhões por ano.

A ideia de não permitir as deduções surge ao mesmo tempo em que o governo cortou profundamente as verbas para as universidades federais, reduzindo a oportunidade educacional para a classe mais pobre e retornando a possibilidade de um curso superior apenas para quem possa pagar os altos preços das faculdades. Além de sacrificar a educação com um processo de total privatização do ensino, o governo pretende impedir que estes gastos possam ser deduzidos do imposto de renda. O governo não cumpre sua obrigação constitucional com a educação e penaliza a população pelo investimento que faz.

 

[+] Veja mais notícias              Voltar para página inicial